Renovar é preciso

by

Durante as décadas de 1950 e 1960, as indústrias siderúrgicas dos Estados Unidos eram criticadas pela falta de investimentos em suas instalações físicas. A administração dessas indústrias tomava decisões contrárias a se fazer os investimentos de capital necessários para que elas pudessem se manter competitivas em seus principais negócios.

Na mesma época pessoas diziam “Se eles não estão dispostos a investir em seus próprios negócios merecem perder participação no mercado”. Essas palavras podem voltar para nos assombrar.

Ainda hoje há milhares de aplicações críticas que se encontram em dramática necessidade de renovação, como por exemplo, softwares escritos a mais de 20 anos que já passaram por 40 gerações de mudanças e que agora são virtualmente impossíveis de ter manutenção. E que em muitas vezes a manutenção só pode ser feita pelo desenvolvedor do software que já deve está aposentado ou nos piores dos casos a sete palmos do chão.

Bem, o meu intuito não é ser um sonhador inocente e dizer que as aplicações DEVEM ser mudadas e atualizadas, afinal muitas das aplicações feitas em COBOL, funcionam muito bem e o risco de uma migração para outra linguagem torna inviável tal migração. O que gostaria de passar aos caros leitores é que renovação é algo extremamente necessário na nossa área, TI num todo, o surgimento de novas tecnologias conseguem fazer brotar novas necessidades nos consumidores, exemplo disso, o iPod que se fosse mostrado para o seu pai há 20 anos atrás ele provavelmente diria “para que vou precisar disso se tenho a minha TV de 32 polegadas!?”. Hoje o iPod é um dos produtos mais vendidos e populares no meio do público jovem, mesmo que muitos ainda o usem, na maioria das vezes, como um tocador de música, por causa do medo de ser assaltado.

A renovação é necessária tanto para uma pequena empresa, quanto para uma grande empresa. E se a sua empresa não costuma ter essa preocupação, é melhor ele começar a se preocupar, afinal você acha que o Google oferece um ambiente descontraído e ainda 20% do tempo de trabalho para os seus profissionais se dedicarem a projetos próprios, porque eles são bonzinhos? Eles sabem que a renovação, assim como a inovação, não é algo que depende apenas do alto escalão da empresa, mas também dos demais funcionários e ela só poderá se manifestar quando levantarmos a nossa cabeça, do teclado, e começarmos a pensar.

Coloco abaixo, um trecho extraído do livro de Engenharia de Software do Pressman, sendo ele na verdade uma citação do texto de Feigenbaum e Mccormick no livro The Fifth Generation, que deixa no final uma pergunta, cuja resposta podemos encontrar em qualquer manchete de jornal nos dias de hoje:

Conhecimento é poder, e o computador é um amplificador desse poder… A indústria americana de computadores tem sido inovadora, vital, bem-sucedida, Ela é, de certa forma, a indústria ideal. Ela cria valor ao transformar o poder cerebral de trabalhadores que detêm conhecimentos, com pouco consumo de energia e de matérias-primas. Hoje [1983], dominamos as idéias e os mercados mundiais nesta que é a mais importante de todas as tecnologias modernas. Mas o que acontecerá amanhã?

Para encerrar vou deixar uma frase baseada na seguinte frase popular: “Obter o sucesso é fácil o difícil e se mantê-lo“. Frase que pode se adaptada da seguinte maneira:

Inovar não é o mais difícil, o difícil é renovar.

Fonte:

Pressman R., Engenharia de Software (terceira edição), São Paulo, Pearson Makron Books, 2006. São Paulo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: