Pobreza – Blog Action Day

by

Talvez você esteja se perguntando “o que pobreza tem haver com um blog sobre TI?”
Bem, hoje é o Blog Action Day 2008, e o tema dessa vez é pobreza. O assunto a princípio pode não estar ligado a tecnologia da informação, porém analisando melhor percebemos que um dos grandes diferenciais para que o ser humano tenha condição de sobreviver é a informação.

Com esse pensamento percebemos o quanto que é importante a educação, mesmo para nós que temos uma cultura de assistencialismo, onde acreditamos que ajudando os mais necessitados com doações (esmolas) estamos fazendo o bem e contribuindo para a sociedade, quando na verdade, estamos apenas alimentando uma prática que não tem fim.

Afinal, temos que dar condição as pessoas para que elas mesmas possam se ajudar, o famoso “ensinar a pescar e não dar o peixe”. Por isso vamos aproveitar essa data para expor nossas opiniões sobre essa que é umas das maiores batalhas já enfrentadas na nossa história, contra a pobreza. Uma batalha que tem como objetivo a própria sobrevivência e não a matança do próximo.

Agora escrevendo esse post, me lembro de outras redações que fiz com essa tema (tirando as redações de “minhas férias” esse foi o tema que mais escrevi), e o que me entristece é saber que o mundo pouco mudou.
Mesmo com o boom da tecnologia e do progresso, ainda há pessoas passando fome e morrendo por causa da falta de alimentos. Um dos dados mais preocupantes é o de que a cada 2 segundos uma pessoa morre de fome.

O intuito do post não é ser sensacionalista, principalmente em uma época de eleições onde todos tem boas intenções e poucas ações, e sim de refletir sobre como nós profissionais de TI podemos contribuir contra a pobreza, e quando digo contribuir não é mudarmos totalmente nossa rotina e começarmos a ajudar as pessoas necessitadas de uma forma desordenada. Lógico, se você puder fazer uma contribuição desse tipo, participação em ONGs e etc, será excelente.

Uma das desculpas mais usadas para não ajudar é a de falta de tempo, por isso temos que pensar em como acrescentar algo em nossa própria rotina que possa vir a contribuir com os mais necessitados. Mesmo sendo pouco o importante é ajudar. Para citar alguns exemplos:

  • Doação de computadores para a inclusão digital;
  • Ministrar cursos em instituições carentes;
  • Discutir o assunto em fóruns, blogs, mesas de café, etc (pois você poderá influenciar ou até criar novas idéias);
  • Fazer comunidades que tratam sobre o assunto;

Abaixo segue alguns links interessantes:

http://www.mutiraodigital.org.br/

http://www.inclusaodigital.gov.br/inclusao/outros-programas

http://www.portaldovoluntario.org.br/site/

Muitas vezes queremos mudar tudo no mundo de uma só vez e isso é algo praticamente impossível, por isso temos que buscar executar ações que possam primeiramente causar mudanças no nosso mundo (trabalho, faculdade, amigos, etc). E uma ajuda indireta, como por exemplo, a do You Tube, que criou o “In My Name” (Em Meu Nome, em inglês), um esforço global para chamar a atenção em relação aos oito objetivos fixados pelas Nações Unidas em 2000 para combater a pobreza mundial, pode causar “comoção” de empresas e governos, estes últimos sendo os verdadeiros responsáveis pela execução das ações diretas na sociedade.

Revisado por:

Rodrigo Ribeiro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: