Scrum Gathering: Scrum e Mudança Organizacional

by

Palestra: Scrum e Mudança Organizacional – Alexandre Magno

Fala sobre as resistências encontradas ao implementar scrum em uma empresa e qual seria a melhor maneira de enfrentá-las. Além disso, apresenta um roteiro de como implementar Scrum nas empresas. Foi uma palestra que tratou de forma direta diversos assuntos recorrentes quando se está implantando Scrum.  (saiba mais)

Tá, mas o que esta palestra quer?
Trocar experiencias de como enfrentar o processo de mudanca organizacional.

Você vai aplicar scrum na empresa, mas como fazer?
Ele mostrou qual o ponto de vista dele para superar os desafios de resistência.

Quando começou a tratar de resistência, falou para as pessoas relatarem problemas que encontraram, virou meio uma seção de desabafo, onde as pessoas falavam o que incomodava elas. (hehe)

  • Como vou vender um projeto deste tipo?
  • Equipe tem a visao que o Scrum não tem documentação.
  • Não tem cabimento não ter o comando-controle.
  • Ninguém quer ser o P.O.
  • Um grupo acostumado a mexer com hardware, que não está acostumado com metodologias de software.
  • Dificuldade de integrar as pessoas.
  • Geração Y: quer sempre o último. Hoje Scrum, amanhã outra coisa.

E já é sabido que mudanças causam cansaço, dor e incômodo.

Muitas coisas que se ouve ao implantar Scrum:

  • ISSO NUNCA VAI FUNCIONAR NA MINHA EMPRESA.
  • LÁ VEM MAIS UMA DAQUELAS MUDANCAS QUE NAO VAI LEVAR A LUGAR NENHUM. É importante lembrar que as pessoas já gastaram muito dinheiro, investiram muito esforço em mudanças anteriores.

Mudando a cultura

Remover a resitências ao Post-it ou ao planejamento de duas semanas não será difícil. Isto não influirá demais no resultado final. O que é importante trabalhar são as coisas que estão embaixo do triângulo pessoas, processos e ferramentas. É preciso trabalhar a cultura da empresa.

É a cultura que faz o scrum funcionar, ele é um framework que te ajuda a conseguir uma boa cultura.  Por isso são tão duros para que não mexa no Scrum de forma alguma: para que se nao perca os pontos da cultura. É preciso que a empresa acredite no auto-gerenciamento, nas pessoas, na importãncia de entregar valor para o cliente.

Alexandre acredita que o Scrum conseguiu grande representação ao acreditar que requisito pode mudar e que qualquer empresa pode, desde que trabalhe bem a cultura.

Gerando ScrumButs

Uma abordagem muito comum para implantar Scrum é pegar o Scrum tirar um pouquinho, diminuindo a resistência das pessoas. Depois eu vou adaptando, à medida que a resitência diminui.

Porém, se adaptar demais, corre o risco de se chegar em um ScrumBUT.A jogada de se ir mexendo para alterar o ní­vel de resistência, nao é exclusivo do Scrum, no Rup também era utilizada. O problema desta abordagem, é porque o Scrum já é simples. E o simples que foi dado, foi exatamente da parte das coisas que dõem no Scrum. E se dói, é porque você está com um problema.

Um monte de empresa usa Scrum e Post-it, mas não necessariamente elas usem Scrum.

“Não mude Scrum, Scrum não é o processo que você modifica para caber na sua empresa”

Fala-se para não mudar não por causa de um rótulo, mas sim, porque as coisas foram pensadas para isso. Depois, quando estiver mais maduro, faça o que achar melhor.

“Quando uma iniciativa não dá certo, a culpa é de quem resistiu

Nas implementações de Scrum começou a surgir o Scrum Master covarde, que culpa a todos pelo insucesso.

Isto não é correto, vai sermpre ser difícil mudar. O maior prazer de aplicar o scrum, é participar da mudança. Se você sair de um lugar só porque está sendo difícil, você também estará sendo covarde.

Só criaram o papel de Scrum Master porque vai doer, vai incomodar e tem que ter um cara que vai direcionar a organização para fazer isto funcionar.

A culpa é de quem resistiu? Não! A culpa é de quem não trabalhou para controrná-las.

“Queira ou não, a resistência é uma excelente forma de feedback”
É o melhor feedback que tem, porque vai confrontar as suas idéias. Vai fazer você criar maturidade, inspecionando e adaptando.

A Corporação

A partir deste ponto ele fala de sua sugestão de implantação de Scrum na corporação.

Implantando Scrum

Muitas vezes, fazemos desta forma:

  • As pessoas  lêem sobre, aprendem, irão colocar dentro de um departamento em uma área da organização. Um projeto não é só software, irá sofrer influencia de outras áreas. As outras áreas irão continuar  cobrando da mesma forma. Estas áreas não vão entender sua nova forma, seu jeito de ser.

Com isso continuraremos com:

  • Cobrança de controles
  • Dificuldade de comunicação
  • Product Owner chicken: isto é muito comum no mercado. As empresas dão muita atenção aos Scrum Masters e se esquecem do PO.

Assim ficamos com um SCRUM IMOBILIZADO. Ele não passa da barreira, não vai para outro setor. Ele vai acabar sendo achatado pelas outras áreas ou se transformando em algo muito diferente.

A proposta para enfrentar a resistência

Você tem que falar sobre a mudança a cada segundo do dia! E em todos os lugares da empresa! O loop viral funciona para aplicar o Scrum.

Todas as pessoas envolvidas no ambiente do projeto deverão saber o que é, estar envolvidas com o Scrum. E o ideal que seja nas áreas mais variádas da empresa.

Mudando a empresa

As evidências mostram que o principal problema no processo de mudança em empresas é mudar o comportamento das pessoas. Como vai fazer que a empresa trabalhe de forma auto-organizada se nao mudar o comportamento ?

As pessoas se comportam de acordo com o ambiente que estão inseridas. Se temos problemas com pessoas, provavelmente temos problemas  com nosso ambiente.Se na minha empresa o chefe me cobra por produtividade individual, porque vou pensar no todo. Trabalhe com scrum no seu ambiente de projeto, de forma que todos entendam o que você está fazendo.

VANTAGENS:
Vai ser cobrado para trabalhar num time ?  Vai se comportar desta forma.

Abordagem em várias camadas da empresa

A replicação se torna muito melhor, mais rápida. Se você tiver pessoas que sabem o que é Scrum em diversas camadas da empresa, estas pessoas explicarão melhor o Scrum para seus “colegas de camada”.

COMO FAZER ISSO:

Segundo Alexandre ele apresentou um framework e não uma receita:

Antes de iniciar:

1 – ELEVAR A URGENCIA: a implementação do Scrum tem que ser importante… tem que ser feito já. As melhorias são necessárias

2 – CONSTRUIR O TIME: primeiro escolha quem e depois decida para onde.. tire as pessoas que não servem.

Ao iniciar:

#1 Visão:  que queremos mudar? o que não queremos mudar?

#2 Cultura: Trabalhe na cultura.  A mudança de um ambiente começa pela educação. Organize eventos, treinamentos.

#3 Planejamento– como atingir a visão? através de quais projetos?

#4 Execução– Scrum no projeto, mostre resultado rapidamente.

#5 Inspeção e adaptação

Cultura das Empresas

Não se muda o comportamento das pessoas sem se alterar o ambiente.

TODAS AS CORPORAÇÕES POSSUEM UMA CULTURA, mas poucas possuem cultura da disciplina.
Quando temos pessoas disciplinadas, hierarquia não é necessária.
Quando voce tem pensamento disciplinado, nao precisa de burocracia
Quando você tem ação disciplinada, você nao precisa de disciplina.

Lembrando que nao está falando para usar Scrum em todas as áreas, mas deixar todos sabendo como vai funcionar.

O ponto realmente é trabalhar a cultura da empresa, garantir que as pessoas estejam assimiliando o que é importante no Scrum. Mais importante que usar Posti-it, é entregar software pronto com qualidade.

Voltar para o resumo do primeiro dia

4 Respostas to “Scrum Gathering: Scrum e Mudança Organizacional”

  1. Scrum Gathering São Paulo 2009 « Blog do Ensinar Says:

    […] Blog do Ensinar Compartilhando Conhecimento « Scrum Gathering: Scrum e Mudança Organizacional […]

  2. Godoy Says:

    Olá,

    Cara relatou muito bem, parabéns, eu fiz o CSM com o Alexandre, e vendo seu post, tive em alguns momentos a sensação de ouví-lo falando mesmo, muito bom.

    Abraço

  3. andrepanta Says:

    Obrigado Godoy,
    O post é mais uma transcrição mesmo, tentando passar o que o palestrante disse. Valeu !!

  4. O melhor da semana: 10/05 a 16/05 « QualidadeBR Says:

    […] Scrum Gathering: Scrum e Mudança Organizacional – André Pantalião (Ensinar). […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: