Mingle Day São Paulo – José Papo

by

PENSE DE UMA MANEIRA NOVA EM VEZ DE SÓ USAR FERRAMENTAS

Papo começou falando sobre a Semco, Toyota e outras empresas que são exemplo de auto-gerenciamento, mesmo fazendo tarefas repetitivas.
O menos importante são as práticas, mas sim a filosofia por trás das práticas.

Uma das bases do Scrum foi o artigo citado pelo Yoshima. O ponto central do Scrum é usar as poucas práticas com uma meta bem definida.

Parafraseando a Toyota, podemos dizer que:

“Antes de construir software, devemos construir pessoas”

Os líderes da Toyota têm um grande conhecimento do trabalho e focam no desenvolvimento das pessoas de baixo para cima. Papo mostrou um quadro com alguns tipos de líderes:
* Líder burocrático: não sabe e manda.
* Chefe de torcida: não manda, anima. Porém como não sabe, fica meio como líder de torcida.
* Task Master: Entendimento total do trabalho e já passa exatamente o que deve ser feito.
* Construtor de organizações que aprendem: Conhece profundamente o trabalho, mas trabalha mais como mentor, professor.

TAYLORISMO e PÓS-TAYLORISMO

* Taylorismo gera sistema empurrado, de dentro para fora.
* Pós-taylorismo gera sistema puxado. De fora para dentro. Melhoria na rede auto-gerenciada.

METAS FIXAS X METAS VARIÁVEIS

Ao trabalhar com metas fixas, a empresa não dá vazão às adapta~~oes que ocorrem no mercado. Geralmente, além de se definir uma meta fixa, já se define como o dinheiro será gasto. Na Toyota, você tem X milhões para gastar, não entra no detalhe. Além disso, a meta não é fazer X ou Y de dinheiro, mas sim, ganhar do mercado.

Defina metas aspiracionais e móveis e dê recompensas ao sucesso obtido em equipe.

Papo citou uma frase que navegar com metas fixas em águas desconhecidas é o mesmo que navegar de encontro a um iceberg.

VOCÊ é X ou Y ?

Existem dois tipos de pessoas, X ou Y.

  • X é o estilo de gestão autoritário e top-down. Pressupõe que as pessoas só se motivam por valores externos e tendem a evitar o trabalho quando possível.
  • Y é o estilo de liderança servidora. Acredita que as pessoas são auto-motivadas e podem cumprir por conta própria metas da organização.

Se você é X, nem perca tempo com metodologias ágeis, elas não foram feitas para você!

Ao final da palestra, Papo passou a lista de alguns livros (alguns bem famosos) que valem a leitura, veja no blog dele.

Uma resposta to “Mingle Day São Paulo – José Papo”

  1. Mingle Day São Paulo – Thoughtworks e Aspercom « Blog do Ensinar Says:

    […] José Papo […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: